Criança e mulheres são internadas na UTI com suspeita de dengue em Sinop

Criança de 7 anos deu entrada na UPA com suspeita de dengue hemorrágica e precisou ser transferida de UTI aérea.

Em 09/01/2020 02:09:00 na sessão Cidades

Uma criança de 7 anos deu entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sinop, a 503 km de Cuiabá, com suspeita de dengue hemorrágica, no dia 3 deste mês. Nessa terça-feira (7), ela foi transferida para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital de Cáceres, a 220 km da capital.

Além da criança, outras duas mulheres estão internadas na UTI de um hospital particular de Sinop, também com suspeita de dengue.

O atual estado de saúde da criança e das mulheres internadas não foi informado.

O instituto que administra a UPA de Sinop confirmou que a criança deu entrada na unidade e foi diagnosticada com suspeita de dengue hemorrágica. Com isso, foi solicitada uma transferência de UTI aérea, feita na terça-feira.

A internação das mulheres com suspeita de dengue também foi confirmada pelo hospital que elas estão.

Já a Secretaria Estadual de Saúde disse que ainda não recebeu notificação sobre o caso.

No dia 28 de dezembro de 2019, outra criança, de 8 anos, morreu em Sinop com suspeita de dengue hemorrágica.

Donos vão ser multados por sujeira em terrenos -- Foto: Prefeitura de Sinop-MT/ Assessoria

Alto índice

Em 2019, foram notificados 2.458 casos de dengue em Sinop. Destes, 722 foram confirmados. Segundo a prefeitura, mais de 80% dos casos de dengue são encontrados nas casas.

O alto índice de casos da doença levou a Prefeitura de Sinop a criar uma sala de emergência para elaborar e colocar em prática ações que possam prevenir e combater a doença.

Fazem parte desse grupo de trabalho servidores das secretarias de Saúde, Meio Ambiente, Educação e Obras.

Entre as ações já estabelecidas está o aumento do número de equipes que atuam em ações de bloqueio em áreas prováveis de transmissão.

Ações de conscientização da população também fazem parte do trabalho.

Fonte: G1 MT 


Por Olhar Cidade 09/01/2020 02:09:00

Mais notícias da sessão: Cidades