Após polêmica, rosto de Greta é coberto por desenho de araras em Sinop

O desenho original, do acreano Matias Souza, foi apagado após reclamações dos vereadores e moradores da cidade.

Em 07/10/2019 02:14:00 na sessão Cidades

O rosto da ativista sueca Greta Thunberg foi coberto pelo desenho de duas araras, uma vermelha e uma azul, no viaduto da comunidade São Cristóvão, em Sinop (500km de Cuiabá). O artista Paixão Oliveira, autor do novo grafite, publicou fotos em suas redes sociais neste domingo (6). O desenho original, do acreano Matias Souza, foi apagado após reclamações dos vereadores e moradores da cidade.

A polêmica aconteceu no início da semana. Logo após Matias terminar seu trabalho, o grafite foi pixado com a frase "Lula ta preso". A imagem também ganhou uma mancha vermelha, em alusão a sangue. No último sábado (5), o artista do Acre se manifestou em suas redes sociais.
 

Ver essa foto no Instagram

Eu olho pra essa foto e fico pensando... como o desenho de uma menina de 16 anos pode gerar tanto ódio? Primeiro tentaram desmoralizar a arte, picharam coisas sem sentido, depois jogaram "sangue". No país que mais mata ambientalistas no mundo todo (164 só em 2018), o que isso quer dizer? Uma ameaça de morte à menina? Uma ameaça de morte a quem pensa diferente? Estamos vivendo dias tenebrosos em que a nossa constituição tem sido pisada todos os dias! O artigo 5° garante que "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença", mas não é isso que temos presenciado. O desenho da menina se foi, mas podem ter certeza que suas ideias continuam se multiplicando pelo mundo. Existem milhares de Gretas e Raonis pelo mundo, pessoas que lutam todos os dias por um mundo melhor para todos. Como eu disse desde o início, meu objetivo com esse desenho era provocar o debate e isso foi feito. Sabe por quê? Porque o brasileiro está perdendo a capacidade de dialogar, e tudo o que está acontecendo só corrobora com isso. Gente que não suporta o contraditório, gente que acredita que se pode resolver tudo à força. Mas apesar dessas pessoas, ainda tem gente que se indigna com tudo isso. Saímos mais fortes, porque a arte é efêmera e se renova todos os dias. #VivaaLiberdadedeExpressão #TVcrew #Art #Arte #StreetArt #Brazil #Brasil #Bresil #Grafite #Censura #MatoGraff2019 #Meioambiente #Naturaleza #Amazonie #Amazonia #Graffiti #GraffitiéArte

Uma publicação compartilhada por M?TI?S S?UZ? (@matiasartes) em



O caso ganhou repercussão nacional, foi divulgado pela imprensa de cidades como São Paulo, e tornou-se tema de discussão na Câmara dos Vereadores de Rio Branco. Em Cuiabá, o promotor da 7ª Promotoria de Justiça Cívil, Alexandre de Matos Guedes, imprimiu a imagem e colocou em seu gabinete. "O bom da arte e isso. Você tenta apagar, mas ela se reproduz", afirmou, em seu Facebook. Artistas de Mato Grosso também publicaram uma carta de repúdio.

A arte foi feita durante o 1º Encontro Internacional de Graffiti -- Matograff, que reuniu artistas de toda a América Latina na cidade, entre 24 e 26 de setembro.  Os vereadores afirmaram que o grafite não condizia com as regras do evento, pois deveriam ser feitos desenhos da fauna e flora de Mato Grosso.

Segundo o diretor de cultura do município de Sinop, Daniel Coutinho, a imagem de Greta foge às regras do edital. "Não será apagado devido à censura. Esse é um projeto de incentivo à cultura que foi feito pelos grafiteiros do município. E o tema é a fauna e a flora. Eles iam trabalhar elementos voltados à natureza, à floresta Amazônia, insetos, animais, enfim", explicou.

Greta

Greta ganhou a mídia nos últimos dias, após fazer um discurso acalorado durante a Cúpula do Clima na ONU, no último dia 23 de setembro, em Nova York. Na ocasião, ela disse aos presentes: "Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias. E ainda assim, eu tenho que dizer que sou uma das pessoas com mais sorte (nesta situação). As pessoas estão sofrendo e estão morrendo. Os nossos ecossistemas estão morrendo".

Após o discurso, a garota virou alvo de especulações e "fake news". O próprio filho do presidente da república, Eduardo Bolsoanro, publicou uma foto falsa da garota em sua rede social Twitter. ""Vocês roubaram minha infância..." disse a garota financiada pela Open Society de George Soros" ironizou o deputado federal. Greta é um dos nomes indicados ao Nobel da Paz.

Fonte: Olhar Direto



Por Olhar Cidade 07/10/2019 02:14:00

Mais notícias da sessão: Cidades