UFMT de Sinop tem energia cortada por falta de pagamento

Além da falta de dinheiro para pagar água e luz, a UFMT tem encontrado dificuldades para pagar funcionários.

Em 16/07/2019 02:23:00 na sessão Cidades

Estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) de Sinop, tiveram a energia da instituição cortada na manhã desta terça-feira (16), devido à falta de pagamento da conta.

De acordo com informações de alunos do curso de Zootecnia, a interrupção de energia ocorreu por volta das 11hrs. "Tem experimentos que dependem totalmente de energia, então muita coisa pode se perder", relatou uma aluna.

A reitora da universidade, Myrian Serra, já havia declarado que as aulas podiam ser suspensas a qualquer momento, devido aos pagamentos atrasados.

Segundo ela, a instituição de Sinop, Cuiabá e de Araguaia, já havia sido notificada pela Energisa e que caso não houvesse o pagamento, a luz seria cortada nos próximos dias.

A universidade está sofrendo cortes no orçamento desde 2014 e já perdeu cerca de 55% de seus recursos para arcar com os custos da instituição. Além da falta de dinheiro para pagar água e luz, a UFMT tem encontrado dificuldades para pagar funcionários.

As aulas foram suspensas. 

Fonte: GC Notícias 



Por Olhar Cidade 16/07/2019 02:23:00

Mais notícias da sessão: Cidades