Homem coloca remédios na boca de irmão deficiente, tenta afogá-lo e é preso em Sinop

Mãe disse à PM que ela e o filho deficiente são agredidos há muito tempo. A polícia encontrou o irmão do suspeito com bastante sangue pelo corpo.

Em 15/07/2019 11:07:00 na sessão Cidades

Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

Um homem foi preso nessa quinta-feira (11) suspeito de ter tentado matar o irmão e a mãe dele em Sinop, a 503 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, o irmão do suspeito tem 61 anos e é deficiente físico. A mãe, de 78 anos, afirmou que ela e o filho têm sofrido agressões há muito tempo.

De acordo com a PM, o suspeito foi preso por tentativa de homicídio, ameaça, desacato e outros crimes. O suspeito ainda colocou bebidas alcoólicas e vários comprimidos na boca do irmão, que não consegue se movimentar, e tentou afogá-lo com uma garrafa de água.

Os policiais foram chamados no bairro Jardim das Palmeiras, após vizinhos relatarem ter ouvido gritos de socorro da mãe do suspeito. Ao chegar à residência, os policiais encontraram o suspeito, de 48 anos, com comportamento alterado e violento.

A mãe contou à polícia que o filho é usuário de drogas e que sempre chega em casa embriagado.

Desta vez, ao chegar à residência, o homem começou a agredir o irmão com socos na cabeça e no rosto da vítima. Ao tentar impedir as agressões, a mãe foi ameaçada pelo suspeito.

A polícia encontrou o irmão do suspeito com bastante sangue espalhado pelo corpo e deitado na cama.

A mulher disse ainda aos policiais militares que há muito tempo ela e o filho têm sofrido agressões físicas e ameaças de morte por parte do suspeito, que disse que vai matar a família e vender a residência.

No momento da prisão, o suspeito agrediu verbalmente os policiais e tentou quebrar a viatura. O homem ainda ameaçava a mãe e o irmão dizendo que quando saísse ia "dar um fim na vida dos familiares".

O suspeito foi encaminhado em flagrante para a delegacia, onde foi constatado que ele já cumpriu pena por crime de homicídio.

Fonte: G1 MT 



Por Olhar Cidade 15/07/2019 11:07:00

Mais notícias da sessão: Cidades