Sinop é a 4ª maior cidade geradora de energia solar do Mato Grosso

O proprietário da Dois Irmãos Soluções Elétricas em Sinop, Marcos Xavier, o tempo de instalação das placas solares e equipamentos demora, em média, 30 dias no máximo

Foto: Divulgação

king da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, Mato Grosso é o 4º maior Estado gerador nacional, atrás apenas de Minas Gerais, São Paulo e Rio Grande do Sul. Enquanto Cuiabá é o 1º maior município gerador do país, com 4,2 mil unidades distribuídas e potência de 54,1 mil quilowatts. Sorriso se mantém em 10º lugar, com 1 mil unidades e potência de 24,6 mil quilowatts.

O proprietário da Dois Irmãos Soluções Elétricas em Sinop, Marcos Xavier, o tempo de instalação das placas solares e equipamentos demora, em média, 30 dias no máximo.  Quanto a garantia, “o modelo que usamos tem seis anos para o inversor (dispositivo elétrico que converte a energia solar), as placas são 25 anos de garantia e a parte da mão de obra e instalação é um ano”. Sobre a manutenção o empresário explica que, “na época da seca tem muita poeira, em cada dois meses, uma pessoa, autorizada deve lavar as placas e ele volta a funcionar 100%, porque ela vai perdendo a capacidade de geração por causa da poeira”

Xavier acrescentou que que é possível financiar os equipamentos e o valor depende do consumo mensal de energia de cada empresa ou cliente para definir a quantidade de placas necessárias.  “Os bancos sempre estão lançando promoção muito boa, com financiamento em parcelas fixas e esse dinheiro o cliente vai investir no que é seu. Daqui três anos acabou e não paga energia para ninguém”. “Você gera, consome e manda para a rede. Essa demanda que sobrou vai para o banco da concessionária, em até cinco anos você pode ir lá e pegar essa energia e consumir ela”.

Entre os municípios que mais geram energia solar no Estado, estão Lucas do Rio Verde com 912 unidades de geração distribuída e potência de 18,6 mil quilowatts, Rondonópolis com 1,5 unidades e 17,7 kW, Várzea Grande tendo 1,2 unidades e 16,3 mil kW de potência e Nova Mutum com 423 unidades e 12,5 mil kW.

Foto: Só Notícias

Fonte: Só Notícias

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *