Prefeitura de Sinop se diz preparada para vacinação contra Covid-19 em idosos, indígenas e profissionais da saúde

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou nesta quinta-feira (14) que a vacinação contra a Covid-19 deverá começar no dia 20 de janeiro, de forma simultânea, em todas as cidades brasileiras.

Sinop tem mais de 140 mil habitantes — Foto: TRE-MT/Divulgação

A prefeitura de Sinop, a 503 km de Cuiabá, disse que está preparada para vacinação contra Covid-19 em idosos, indígenas e profissionais da saúde.

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou nesta quinta-feira (14) que a vacinação contra a Covid-19 deverá começar no dia 20 de janeiro, de forma simultânea, em todas as cidades brasileiras.

O início da imunização na data prevista, contudo, depende ainda do aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em Sinop, participaram da videoconferência os secretários de saúde e governo, Valério Gobatto e Faira Strapazzon, respectivamente.

A previsão é que o Ministério faça a distribuição de 8 milhões de doses na próxima semana, para que o início da imunização ocorra no dia 20. Nesse primeiro momento, o grupo prioritário será composto por:

  • Idosos acima de 60 anos (que estão em instituições de longa permanência);
  • Profissionais de saúde;
  • Indígenas.

Devem ser recebidas nos próximos dias pelo Governo Federal, se aprovadas emergencialmente pela Anvisa, dois milhões de doses da vacina de Oxford, produzida pela AstraZeneca e outras seis milhões da CoronaVac, produzida no Brasil, em parceria com o Instituto Butantan.

Vale ressaltar que as vacinas serão aplicadas em duas doses, portanto o número de pessoas imunizadas representa a metade desse quantitativo. Esse número será, apenas, para a campanha inicial, visto que outras 30 milhões de doses devem ser recebidas em fevereiro.

O município de Sinop está preparado para o recebimento das doses e para dar início à imunização, no entanto, ainda não se sabe o quantitativo que será enviado pelo Ministério da Saúde, que concentra a organização para essa distribuição.

A prefeitura declarou que tem a quantidade de seringas suficientes, rede de refrigeração e também o número de profissionais vacinadores necessário.

No encontro, também, foi garantido pelo ministro qualquer apoio necessário aos municípios.

O encontro semipresencial, organizado para dar início ao planejamento da distribuição da vacina, contou com a participação de mais de 130 prefeitos e líderes de municípios com mais de 80 mil habitantes, além de representantes da Frente Nacional dos Prefeitos.

Fonte: G1 MT

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *